Barueri / SP - quarta-feira, 30 de julho de 2014

Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico

 

Acidente Vascular  Cerebral Hemorrágico   (Derrame Hemorrágico) 

 

Um  acidente vascular cerebral ou derrame ocorre quando o tecido cerebral sofre um dano porque não há fluxo suficiente de sangue ou de fornecimento de oxigênio para as células do cérebro.O Acidente Vascular Cerebral Isquêmico( AVC isquêmico ) é o  resultado da falta de fluxo sanguíneo.Os  Diferentes tipos de AVC isquêmico podem ser devido à obstrução nas artérias que fornecem sangue ao cérebro (como na doença da artéria carótida), um coágulo nas artérias menores no próprio cérebro (AVC trombótico), um coágulo de sangue do coração que migra  para o cérebro (acidente vascular cerebral embólico), Danos causados por sangramento dentro ou ao redor do cérebro é chamado de acidente vascular cerebral hemorrágico. Os derrames hemorrágicos são menos comuns em relação aos isquêmicos, mas causam um número significativo de mortes. Os derrames hemorrágicos são também responsáveis por danos graves ao tecido cerebral que podem deixar muitas seqüelas como paralisia, dificuldade para falar, engolir, pensar corretamente, ou fazer as atividades da vida diária.   


Sintomas:

Fraqueza ou dormência súbita da face, braço ou perna, especialmente em um lado

 

Confusão súbita, alteração na fala e dificuldade de compreensão.


Dificuldade súbita  de enxergar  em um ou de ambos os olhos.

Dificuldade súbita  de andar,  tontura, perda de equilíbrio ou perda de coordenação

Dores de cabeça severa, repentina, sem causa conhecida

A história médica e o exame físico, em combinação com a tomografia computadorizada (TC) da cabeça, estabelecem o diagnóstico de acidente vascular cerebral. É importante avaliar rapidamente as pessoas que podem estar tendo um derrame, a fim de iniciar o tratamento adequado e  tentar limitar os danos duradouros no cérebro de um acidente vascular cerebral.


Fatores de Riscopara o  acidente vascular cerebral hemorrágico:

A hipertensão arterial (pressão alta) é o principal fator de risco para o  acidente vascular cerebral hemorrágico.

Anticoagulantes: São  medicamentos que  podem levar ao  sangramento no cérebro especialmente se tomado de forma abusiva ou em grandes doses.


Aneurisma cerebral 

A história familiar de AVC

Tabagismo, diabetes, colesterol alto, obesidade e sedentarismo são fatores de risco para todos os tipos de derrame cerebral
.


TRATAMENTO:

O tratamento de  um acidente vascular cerebral hemorrágico envolve parar o sangramento em curso no cérebro. O tratamento cirúrgico pode ser necessário para  parar o sangramento, para remover um coágulo de sangue, para clipar  um aneurisma, ou para aliviar o excesso de pressão sobre o cérebro. Medicamentos são muitas vezes necessários para tratar a pressão arterial elevada. Transfusão de sangue pode ser necessário, e medidas de   suporte em UTI podem ser necessárias se um acidente vascular cerebral hemorrágico é grave