Barueri / SP - quarta-feira, 30 de julho de 2014

Ressuscitação Cardiopulmonar (RCP)

Ressuscitação Cardiopulmonar

 

Quando há uma parada cardíaca, poucos minutos após, o paciente poderá morrer, a menos que a circulação (fluxo sanguíneo) retorne ou é restaurada.Proporcionar a ressuscitação cardiopulmonar (RCP) é uma maneira de manter a circulação até que a ajuda especializada chegue.

Comprimindo o peito do paciente e permitindo que o tórax ajude a manter uma quantidade de sangue através do coração,  pulmões, e nas artérias principais do corpo (incluindo o cérebro).Essas compressões no peito possivelmente combinado com a respiração "boca a boca" é a denominada Ressuscitação Cardiopulmonar Básica (RCP).Os desfibriladores automáticos externos (DEAs) tornaram-se parte dos esforços da RCP.

O DEA pode salvar vidas em determinados tipos de parada cardíaca.Os DEAs estão cada vez mais disponíveis nas escolas, locais de práticas esportivas, aeroportos e outros locais públicos.

 

Realização da RCP (Ressuscitação Cardiopulmonar)

 

Pedir ajuda.Ativar o sistema de Emergência discando 192, e que alguém traga o DEA se estiver disponível.

Após a confirmação de que o paciente não responde e está inconsciente, verifique se o paciente está respirando, se não estiver, abra as vias aéreas delicadante levantando o queixo para cima e inicie imediatamente a RCP pela administração de duas respirações e início de compressões torácicas.Coloque a palma de uma mão no meio do esterno e a outra mão em cima, pressione com força para baixo, comprimindo o tórax cerca de 4 a 5 cm, a cerca de 100 vezes por minuto.

Realizar ciclos de compressão torácica-ventilação 30:2, ou seja 30 compressões alternadas com 2 ventilações.Essa orientação aplica-se desde socorristas leigos até profissionais de saúde treinada e objetiva uniformizar o atendimento para todos os socorristas.

Se você tem acesso imediato a um Desfibirlador Automático Externo (DEA), aplique os adesivos do DEA no peito do paciente, seguindo o desenho na caixa.Ligue o interruptor, o DEA vai analisar o ritmo cardíaco do paciente, ouça e siga as instruções do DEA. Se o DEA administra um choque , mas o paciente não recupera a consciência, retornar imediatamente as compressões torácicas por 2 minutos e após ,aplicação do DEA novamente, e deste modo repetir o ciclo até que cheque a ajuda dos profissionais treinados.

A RCP melhoram as chances de sobrevivência de uma parada cardiopulmonar fora do hospital.Saber executar o RCP básica (compressões torácicas e utilização de um DEA) pode salvar a vida de um ente querido, um colega ou um vizinho.

 

Ressuscitação Cardio Respiratória